Impostos serão mais elevados no RS e no Brasil caso aprovem as propostas de reforma tributária estadual e federal

17/08/2020
1071 Visualizações

A carga de impostos no Brasil e no Rio Grande do Sul será muito mais elevada a partir de 2021 caso passem a vigorar as propostas de reforma tributária apresentadas pelos governo estadual e federal. Essa foi uma das principais conclusões a que chegaram os painelistas Germano Rigotto, Irineu Cassel e Eduardo Starosta na Live “Impactos da Pandemia e Reforma Tributária”, promovida pela FCDL-RS na noite de quinta-feira (13/08).

A análise de Rigotto, governador do Rio Grande do Sul entre 2003 e 2006 e dos economistas Cassel e Starosta é que ambas as propostas embutem a elevação da carga tributária, algo que eles consideram inadmissível, uma vez que cidadãos e empresas chegaram ao seu limite no que se refere a pagamento de tributos.

Com posicionamentos extremamente fundamentados e qualificados, os painelistas demonstraram, de forma clara, os prejuízos econômicos que as reformas propostas trarão para toda a sociedade caso sejam aprovadas. Por isso, é fundamental assistir a íntegra da Live e saber porque é preciso se aprofundar o debate em torno dos tributos no RS e no Brasil.

O painel completo você pode assistir pelo link https://www.youtube.com/watch?v=Hdb_IdSaUpM&feature=youtu.be

Open chat
Precisa de Ajuda?